• Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle

Como Congelar os Alimentos Corretamente - Um Guia Prático


Com a correria do dia-a-dia, ter tempo para passar algumas horas no fogão diariamente é quase impossível. E muitos acreditam que a única opção é consumir alimentos industrializados, daqueles prontos para o consumo e reduzir cada vez mais a ingestão de alimentos frescos e in natura. Mas esse é um grande engano. A técnica de congelamento dos alimentos pode ser a sua grande aliada para garantir a saúde de sua família.

Congelar alimentos é mesmo algo muito simples, mas que merece nossa atenção e cuidado.

O congelamento é a conservação dos alimentos através da temperatura fria (de -18ºC a -23ºC), que garante a conservação dos nutrientes, cor e textura do alimento, além de prolongar seu prazo de validade.

Vale lembrar que não são todos os alimentos que podem ser congelados. Na lista dos que não podem estão os alimentos que já foram congelados, a batata, o chantilly, o creme de leite, os cremes engrossados, o iogurte, o macarrão sem molho, a maionese, o ovo com casca, os pudins em geral e os queijos cremosos.

Para começar, escolha alimentos de boa qualidade. Realize o processo de higienização, corte, cozimento e resfriamento adequados. Tenha à mão embalagens de plástico, de vidro ou sacos plásticos próprios para o congelamento de alimentos. Embale os alimentos e identifique cada embalagem com uma etiqueta contendo nome do alimento, data de preparo e data de validade. Leve ao freezer.

De modo geral, os passos acima citados devem ser seguidos a risca, mas cada tipo de alimento requer um cuidado específico. Confira.

Congelando... Arroz

O arroz pode ser congelado cozido. Faça todo o processo de cozimento, como o habitual. Deixe esfriar e embale em sacos ou potes plásticos com tampa.

Prazo de Validade: 02 meses.

Congelando... Carnes

As carnes podem ser congeladas cruas ou prontas, mas antes devem ser limpas e as partes não comestíveis (como a gordura excedente) devem ser retiradas. Não lave nem tempere a carne crua a ser congelada.

Prazo de Validade: 02 meses.

Congelando... Frutas

Exceto a banana e da pêra d'água, todas as outras frutas podem ser congeladas inteiras ou cortadas, devendo-se descascar e retirar os caroços imediatamente antes do congelamento. Inicie o congelamento com o alimento ou os pedaços dele sobre bandejas ou assadeiras. E coloque-os em sacos limpos depois de congelados.

Congelando... Massas

Forre um refratário com papel file e monte a lasanha, o canelone ou o rondelli. Você pode optar por congelar a massa crua ou já cozida.

Dica: Caso a receita leve molho branco, substitua o amido de milho por farinha de trigo para garantir a qualidade da textura do molho após o descongelamento.

Prazo de Validade: 03 meses

Congelando... Panquecas

As panquecas podem ser congeladas recheadas ou somente os discos. O segredo é separá-las com papel filme para que não grudem.

Prazo de Validade: 03 meses

Congelando... Papinhas de Bebê

Sempre utilize ingredientes frescos. Resfrie e separe em porções na quantidade suficiente para uma refeição ou em formas de gelo.

Prazo de Validade: 02 meses

Congelando... Purê de Batatas

A batata, sendo ela cozida, assada ou frita não conserva a mesma textura após o congelamento, mas na forma de purê não ocorre nenhuma alteração. Por isso, o único segredo é deixar que o purê esfrie após o preparo e só então levar para o freezer.

Prazo de Validade: 02 meses

Congelando... Sopas

Realize todo o processo de cozimento, como o habitual. Deixe esfriar e embale em sacos ou potes plásticos com tampa.

Prazo de Validade: 03 meses

Congelando... Vegetais

Para congelar vegetais é necessário usar uma técnica chamada branqueamento, que auxilia na conservação das características como sabor, cor, textura, além de reduzir a proliferação de bactérias.

O branqueamento é a lavagem correta das verduras, onde deveram ser separadas partes estragadas. Deve-se submergir o alimento em água fervente pelo tempo adequado e prontamente colocá-lo em água fria, para que ocorra o choque térmico. Inicie o congelamento com o alimento ou os pedaços dele sobre bandejas ou assadeiras. E coloque-os em sacos limpos depois de congelados.

Abóbora: Corte em pedaços e cozinhe por 2 minutos. Prazo de Validade: 6 meses

Abobrinha: Corte em rodelas ou pedaços e congelar crua. Prazo de Validade: 6 meses

Acelga: Pique e cozinhe a parte verde por 2 minutos. A parte branca corte em pedaços e congele crua. Prazo de Validade:6 meses

Beterraba: Corte em rodelas ou pedaços e cozinhe por 8 minutos. Prazo de Validade: 8 meses

Berinjela: Corte em rodelas de 1 cm e cozinhe por 4 minutos. Prazo de Validade: 8 meses

Brócolis: Cozinhe com água e sal por 3 minutos. Prazo de Validade: 12 meses

Cebola: Corte em rodelas e cozinhe por 2 minutos. Também pode ser congelada crua. Prazo de Validade: 10 meses

Cenoura: Corte em rodelas ou cubos e cozinhe por 3 minutos ou rale e congele crua. Prazo de Validade: 10 meses

Cogumelo: Deixe de molho por 5 minutos em água, limão e sal. Cozinhe de 3 a 5 minutos. Prazo de Validade: 6 meses

Couve: Corte bem fina e jogue água fervente em cima. Prazo de Validade: 6 meses

Couve-flor: Separe os buquês e cozinhe com limão por 3 minutos. Prazo de Validade: 8 meses

Espinafre: Em folhas ou picado cozinhe por 2 minutos. Prazo de Validade: 12 meses

Mandioca (ou aipim): Apenas descasque e corte. Prazo de Validade: 6 meses

Mandioquinha: Descasque, corte em pedaços e cozinhe por 3 minutos. Prazo de Validade: 6 meses

Milho em espiga: Escalde as espigas inteiras por 5 minutos. Prazo de Validade: 8 meses

Milho em grãos: Cozinhe por 2 minutos. Prazo de Validade: 8 meses

Pimentão: Corte, tire as sementes e congele cru. Prazo de Validade: 12 meses

Quiabo: Cozinhe por 2 minutos. Prazo de Validade: 6 meses

Repolho branco ou roxo: Separe as folhas e cozinhe por 2 minutos. Prazo de Validade: 6 meses

Vagem: Cozinhe por 2 minutos. Prazo de Validade: 12 meses

O ideal é que você ocupe no máximo 3/4 da capacidade total do freezer, permitindo assim que o ar circule e o processo de congelamento se dê por completo.

Para otimizar o espaço do seu freezer, você pode forrar os recipientes com papel filme, ou até mesmo com o próprio saco de congelamento e assim que o alimento estiver congelado retirar os recipientes, mantendo os alimentos somente no saco plástico bem fechado e sem ar.

Dica:

Quando for ao supermercado comprar algum tipo de alimento já congelado (como por exemplo, as carnes) fique atento e observe se há acúmulo de gelo entre o produto e a embalagem. Se houver, este é um sinal de que ocorreu um descongelamento e posterior recongelamento. Portanto, não compre.

#dicasdenutrição

Instagram
Facebook
Todos os direitos reservados à Vitória Tembe - 2017